Blog de Talyta Pontes


10/04/2011


Nessa última quinta feira dia 07 de Abril de 2011 foi marcada para sempre na história do Rio de Janeiro e do Brasil.

sonho e seu futuro, e por suas famílias que a partir de agora terão que conviver com a dor da perda de seInfelizmente foi através de uma tragédia que abalou a todos, sentimos pelas vítimas, adolescente que foram brutamente tiradas de seu us filhos, irmãos, primos e amigos que se foram.

Mais enquanto estão discutindo nos meios de televisão, nas escolas, nas empresas do nosso pais, sobre a segurança de nossas escolas, acho que a questão da Segurança nas Escolas deve sim ser discutidas e apromorada, mais uma outra questão fundamental é rever a questão que as escolas devem ter um Psicólogo fazendo parte de sua equipe técnica.

Mais importante nessa tragédia toda é discutir a importância da Saúde Mental de nossos alunos.

Enquanto ignoramos que é fundamental para garantirmos um ensino de qualidade termos nas escolas um Profissional de Psicologia. Situações como está que ocorreu no Rio de Janeiro podem acontecer com uma frequência maior.

Vivemos atualmente em uma sociedade do consumo, onde somos o tempo todo incentivados a consumir mais e mais.

Famílias que não se reunem mais, nem aos domingos...

Pais que tem medo de punir os filhos por que se sentem culpados por trabalharem tanto...

Filhos que desde muito pequeno já tem um agenda cheia, as vezes me questiono se os pais estão realmente preocupados em dar a melhor formação aos seus filhos ou se o enchem de atividades para que eles não tenham que ficar com eles?

Estamos sempre procurando a melhor escola, o melhor tênis, o melhor cursinho, a melhor universidade etc. E não só preocupamos em dar um pouco de atenção e amor aos nossos filhos.

Não estou aqui crucificando os pais, mais tem uma coisa que na minha visão é mais importante, Amor...

Então pare nem que seja por 30 minutos e brinque e converse com seus filhos, pergunte como foi seu dia, se relacione com seus filhos e familiares.

 Há casos em que as pessoas moram na mesma casa, mais não são próximas, não se relacionam...

Só se ensina a amar, amando!!!

Escrito por Talyta Pontes às 17h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Mulher, Portuguese, Cinema e vídeo, Informática e Internet, Livros e Psicologia

Histórico